Conheça as opções de ingressar no ensino superior

3 Minutos de Leitura
Read Time3 Minute, 38 Second

O ingresso na faculdade se torna cada vez mais democrático e possível. Mas, proporcional ao número  de possibilidades de iniciar uma graduação, estão as dúvidas a respeito de como entrar na faculdade.

Qual formato de ingresso é o mais indicado? E os procedimentos, como são?  Quais os critérios de seleção? Esses são apenas alguns dos questionamentos levantados pelos estudantes que vislumbram uma vaga em um curso superior.

Pensando nisso, no post de hoje, abordamos os principais meios de ingressos em uma universidade, para sanar suas dúvidas a respeito. Continue a leitura e bons estudos!

Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)

Este é, provavelmente, o método mais conhecido no país. Com as mudanças ocorridas a partir de 2009, o ENEM passou a ser um dos recursos mais adotados para ingressar nas universidades públicas e, até mesmo, em instituições privadas.

Revolucionando o ensino no Brasil, o Ministério da Educação (MEC) elaborou o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), plataforma totalmente automatizada e gratuita que utiliza as notas do ENEM — desde que o candidato tenha apresentado, pelo menos, um rendimento de 35% na prova — como base para selecionar os estudantes, através de um processo seletivo justo e igualitário.

Os alunos com as melhores notas, dentro das propostas estabelecidas, são classificados para cursar o ensino superior.

Vestibular agendado

Lembra quando ainda não existia o ENEM e cada estudante realizava um vestibular específico na universidade? Assim é o vestibular agendado, que costuma contemplar uma prova objetiva e discursiva, além da redação.

O diferencial desse método, em relação ao vestibular tradicional, é que o aluno opta pelo horário e data de aplicação do exame — que deve ser, obrigatoriamente, realizado presencialmente na instituição em que o aluno pleiteia uma vaga.

Está opção é disponível somente em instituições particulares.

Bolsas de estudos

As opções de como entrar na faculdade não param por aí! Existem, também, alternativas que possibilitam o ingresso parcialmente gratuito em instituições de ensino superior. O Educa Mais Brasil, o Movimento Cidadania e o Educa Mais Brasil, por exemplo, são bolsas de estudos que oferecem descontos expressivos nas mensalidades de faculdades particulares.

Essa forma de ingresso ajuda um dos grandes problemas dos jovens — os recursos financeiros. Muitos universitários ainda dependem dos pais, ou vieram de outra cidade para estudar e, com isso, tem que arcar com outras despesas altas além da mensalidade da universidade. As bolsas de estudo, assim, possibilitam um acesso democrático às instituições particulares.

Transferência

Destinado a alunos que já obtiveram êxito no vestibular, a transferência é o recurso utilizado para mudar de faculdade — sem, no entanto, ter que fazer novamente um processo seletivo.

Normalmente adotado por estudantes que não se identificam com a proposta pedagógica da universidade em que inicialmente entraram — ou enxergam, em outras instituições, aspectos mais vantajosos —, a transferência possibilita o reaproveitamento das disciplinas. Para efetivar esse mecanismo, o estudante precisa estar regularmente matriculado, possuindo vínculo ativo com a instituição atual.

Obtenção de novo título

O nome já diz tudo — a obtenção de novo título tem como público-alvo pessoas que já se formaram em uma graduação. O profissional pode se candidatar a qualquer curso superior, mesmo que não esteja correlacionado com sua área de formação.

Proporcionando a possibilidade de uma 2ª graduação, esse método normalmente elimina o processo de vestibular, estando atrelado à existência de vagas remanescentes. A análise de histórico e currículo é a metodologia utilizada para selecionar os candidatos.

Complementação pedagógica

Semelhante à obtenção de novo título, a complementação pedagógica visa qualificar  os profissionais em determinadas áreas por meio do estudo de disciplinas isoladas. Direcionada a estudantes já formados nas modalidades bacharelado ou tecnólogo, essa opção é ideal para aqueles que almejam adquirir o título de licenciatura — e, assim, tornarem-se aptos para ministrar aulas para os ensinos infantil, fundamental e médio.

Agora que você já sabe as opções de como ingressar na faculdade, ainda tem dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Quer compartilhar suas experiências com o vestibular? Deixe seu comentário e conte pra gente!

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

4 Comentários

  1. Tybel

    Responder

    Quanto conteúdo de qualidade nesse site. Obrigado por compartilhar. Abraço

    • Instituto INE

      Responder

      Olá,tudo bem?
      Que ótimo que você gostou. Continue acompanhando nosso blog.
      Obrigada! 🙂

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *