Transtornos globais do desenvolvimento: atividades para crianças

3 Minutos de Leitura
Read Time3 Minute, 34 Second

Os Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD) são distúrbios que envolvem a interação social e apresentam-se nos primeiros cinco anos de vida das crianças. 

Assim, para nós, profissionais de educação, é importante conhecer melhor as características do TGD para adequar as melhores atividades para os alunos.  

Quais os sinais dos transtornos globais do desenvolvimento?

Os distúrbios do TGD são caracterizados por padrões de comunicação estereotipados e repetitivos, além do estreitamento nas atividades e interesses.

Integram os TGD os seguintes transtornos:

  • Síndrome de Rett;
  • Síndrome de Asperger;
  • Transtornos do espectro autista;
  • Psicoses infantis
  • Síndrome de Kanner.

Inclusive, as crianças que apresentam TGD são ansiosas, têm medo do desconhecido, fadiga, estresse e sofrem de uma sobrecarga emocional que podem afetá-las nas atividades que o professor propõe em sala de aula.

É importante que o professor ajude da seguinte forma:

  • Forneça um ambiente com segurança e agradável;
  • Reduza as mudanças rápidas de atividades;
  • Proponha rotinas diárias que contribuem para fortalecer o aprendizado;
  • Use métodos que desenvolvam habilidades de comunicação em contextos naturais dos seus alunos.

As brincadeiras são essenciais

As brincadeiras são fundamentais para contribuir no desenvolvimento do potencial dos seus alunos.

Além disso, proporciona liberdade na criação, incentivo à socialização, afeto e um encontro com o seu próprio mundo. Especialistas acreditam que a medida que as crianças com TGD interagem com as brincadeiras e objetos criam conhecimento sobre o mundo atual.

Confira as sugestões de atividades para realizar na escola:

Aulas com acompanhamento psicopedagógico

Os psicopedagogos exercem um papel essencial para ajudar na adaptação dos alunos com TGD na sala de aula.

Por meio do acompanhamento psicopedagógico são usados recursos lúdicos que contribuem para melhorar a aprendizagem e na execução das tarefas escolares. Dessa forma, os resultados são positivos para os alunos com TGD, para os professores e para a escola.

Exercícios que estimulam a psicomotricidade

É essencial estimular a prática com desenhos, pinturas, colagens e recortes. Além disso, brincadeiras que envolvam objetos lúdicos, materiais que não tenham textura muito áspera ou mole, jogos que trabalhem cores suaves são ótimas sugestões para trabalhar em sala de aula.

Tarefas que ajudam a estabelecer o relacionamento das crianças com o ambiente

É possível estimular a socialização e o movimento corporal das crianças com atividades em que elas possam realizar sozinhas, com a ajuda dos professores e colegas. 

Como sugestões você pode pedir para o seu aluno segurar a colher para se alimentar, ir ao banheiro, guardar e organizar os brinquedos e objetos que usa na escola como livros, andar sem segurar na mão de alguém, dentre outras.

Aliás, é importante estabelecer rotinas em grupos e contribuir para que os alunos aprendam regras de convivência social.

Atividades visuais e apoio do AEE

Ofereça atividades das disciplinas de forma visual de maneira que contribua com o processo de aprendizagem dos alunos. 

Assim, você poderá realizar ajustes nas atividades quando tiver necessidade e poderá contar com a ajuda de um profissional responsável pelo Atendimento Educacional Especializado (AEE).

Dessa forma, é preciso também identificar as potencialidades dos alunos. Para isso, invista em ações positivas, incentive a autonomia e conquiste a confiança dos alunos. As crianças com TGD procuram pessoas nas quais elas se sentem seguras e se encontrar elas na escola o seu desenvolvimento será beneficiado.

Invista em cursos de pós-graduação a distância nessa área. Eles também são ótimos aliados para ajudar você em sala de aula. 

O curso de pós-graduação Educação Inclusiva e Especial e TGD oferece a capacitação para os profissionais atuarem de maneira crítica diante dos problemas enfrentados com os alunos especiais e com TGD. Além disso, trabalha com os aspectos afetivos, sociais e relacionais com foco na responsabilidade em promover a inclusão.

Portanto, comece a colocar em prática essas atividades com seus alunos. Todos só tem a ganhar!

Ficou com alguma dúvida ou quer sugerir alguma atividade? Deixe seu comentário neste post. 

0 1
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *